Tempo
O bolso do consumidor e os reajustes da Petrobrás
02/12/2017

A Petrobrás é uma estatal com dupla função na economia brasileira. Além de gerar lucros e garantir investimentos, contribui com impostos para o orçamento do governo federal.

Basta mencionar que o aumento da alíquota do PIS/COFINS que começou a valer em 21 de Julho, corresponde a 0,41 centavos sobre o litro da gasolina e a 0,21 centavos sobre o litro do diesel.

A Petrobrás adotou reajustes diários de preços sobre combustíveis nos últimos cinco meses, vinculando seus preços aos preços do petróleo no mercado internacional. Qual foi o resultado? Nos mesmo cinco meses o litro da gasolina já subiu 23,2% e o do diesel 24% segundo o Banco Goldman Sachs que faz esse tipo de monitoramento.

Existem efeitos paralelos como o preço do botijão de gás de cozinha que já subiu 15,4% em algumas regiões do Brasil.

Como são preços administrados pelo governo central e geram impostos para a União, os aumentos atingem em cheio o bolso do consumidor, mas melhoram em muito as contas federais. Fora isso, nossos motoristas estão enfrentando os cartéis dos postos de combustíveis pelo país inteiro.

O caso de Goiânia foi parar na justiça e aqui bem perto, em Ribeirão Preto o litro da gasolina chegou a R$ 4,50! Chegamos ao cúmulo de o consumidor ser orientado a abastecer em cidades vizinhas, onde o combustível é mais barato. Precisamos enfrentar as duas fúrias: a fúria arrecadadora da União e a fúria de aumento de lucros dos donos de postos de combustíveis.

Os motoristas brasileiros estão entre os mais explorados do mundo. Pagamos caro por sermos proprietários de carros, caminhões, caminhonetas ou motos. Somos explorados no IPVA, nas praças de pedágios, nos impostos embutidos (mais altos do mundo!) na compra de veículos zero, e também nos impostos embutidos nos preços dos combustíveis. É bom nunca esquecer que nosso litro de gasolina tem 25% de etanol.

Não tenham dúvidas que a Petrobrás em breve, apresentará lucros altíssimos, só que o consumidor brasileiro foi duplamente lesado. Primeiro pelos esquemas de corrupção dos governos petistas e segundo por arcar com os reajustes abusivos dos combustíveis sozinho.

É por isso que aumenta a cada dia o número de brasileiros a favor da privatização, de uma empresa que foi orgulho nacional.

 

 
Mais Notícias
 
16/12/2017 - Presidente da Camara Municipal entrega cheque de R$ 800 mil ao prefeito e faz balanco da gestao 2017

16/12/2017 - TEBE recebeu homenagem com o titulo de Responsabilidade Cultural 2017

16/12/2017 - Dr. Toller receberá a Medalha Coronel Raul Furquim

16/12/2017 - Saiba por que, quando e como recolher a contribuição sindical em 2018

16/12/2017 - Serviços municipais têm horário especial

16/12/2017 - Polo Regional de Padaria Artesanal é inaugurado e primeira turma recebe certificado

16/12/2017 - Saúde em destaque: em sessões extras Câmara aprova recursos para insulina e manutenção de ambulâncias

16/12/2017 - Coopercitrus foi um dos destaques no Prêmio VisãoAgro Brasil 2017

16/12/2017 - Tracbel realiza formatura do ?Projeto Profissionalizar?

16/12/2017 - Rápidas da Política

Capa
Ofertas Sesé
Classificados
Lena Santin
Bebedouro Clube
 
 

© Copyright - Jornal Impacto/ 2017, Todos os direitos reservados - by + ideias Comunicação
Total de visitas do dia: 254
Total: 1.389.593