Tempo
Rápidas da Política
02/12/2017

CHEGA DE TERRORISMO! O 13º DA PREFEITURA ESTÁ GARANTIDO! Correu o boato na cidade que a prefeitura não teria dinheiro para pagar os salários de Novembro e o 13º dos servidores municipais. Boatos plantados com interesses políticos é lógico!  Com a venda da folha de pagamento para o Santander, a devolução de dinheiro da câmara municipal e um extra dos IPTUs atrasados, a conta está fechada. Todos terão dinheiro no bolso para o Natal. Críticas a administração financeira do Governo Galvão são justas, mas torcer contra os servidores é no mínimo adotar a política "do quanto pior melhor". Chega de terrorismo!

 

RESTOS A PAGAR SERÃO EMPURRADOS PARA 2018: Dados divulgados pela prefeitura, atendendo a lei de transparência, apontam para o dia 30 de Novembro Restos a Pagar de R$ 33 milhões. É evidente que o cidadão pode dizer que o barco anda porque dívidas não são pagas. Todos os analistas concordam que temos uma prefeitura deficitária. Assim vamos fechando o 5º ano de Governo Galvão. Quem quiser conferir, é só entrar no site da prefeitura.

 

DÍVIDA COM O SASEMB É DA ORDEM DE R$ 25 MILHÕES: O Executivo mandou para a câmara municipal aprovar dois Projetos de Lei para parcelamento das dívidas para com o Regime Próprio de Previdência gerido pelo SASEMB de Bebedouro. Um projeto parcela em 60 prestações mensais a dívida de Abril a Novembro de 2017, e o outro em 200 parcelas mensais referente as dívidas atrasadas até Março de 2017. A soma das dívidas chega a R$ 25 milhões. Tudo dentro da lei! Fica a pergunta: Onde foi gasto esse dinheiro? Como deixamos a situação chegar nesse nível?

 

CASAS POPULARES PARA FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS: A prefeitura lançou com grande alarde um programa de casas populares para funcionários municipais. É preciso detalhar o projeto. Quantos servidores tem casa própria? Quantos não tem? Quais os critérios para a escolha? É um programa permanente, ou vai morrer nas 65 casas? Como se chegou a esse número de 65 casas? Como foi definida a escolha do local? Em nome da transparência é preciso responder a todas essas perguntas.

 

SOBREVIVÊNCIA FAZ SINDICATOS DEMITIREM: Calcula-se em mais de 300 mil funcionários a força de trabalho dos sindicatos e das centrais sindicais. Com o fim da Contribuição Sindical cerca de 100 mil serão mandados para a rua. Todos estão agindo como empresas, lançando PDVs, colocando imóveis a venda e mudando local das sedes para sobreviver. O baque será grande e uma grande reestruturação virá. Como estão os sindicatos de Bebedouro?

 

PÉ DE GUERRA NA CÂMARA MUNICIPAL: Muitos vereadores não aceitam mais o Executivo enfiar goela abaixo seus projetos. Além de discutirem antes de votar, querem participar do planejamento de ações vitais para a vida e o desenvolvimento da cidade. O prefeito precisa com urgência de um articulador político, ou vai ficar com mais batatas quentes nas mãos!

 

 
Mais Notícias
 
16/12/2017 - Presidente da Camara Municipal entrega cheque de R$ 800 mil ao prefeito e faz balanco da gestao 2017

16/12/2017 - TEBE recebeu homenagem com o titulo de Responsabilidade Cultural 2017

16/12/2017 - Dr. Toller receberá a Medalha Coronel Raul Furquim

16/12/2017 - Saiba por que, quando e como recolher a contribuição sindical em 2018

16/12/2017 - Serviços municipais têm horário especial

16/12/2017 - Polo Regional de Padaria Artesanal é inaugurado e primeira turma recebe certificado

16/12/2017 - Saúde em destaque: em sessões extras Câmara aprova recursos para insulina e manutenção de ambulâncias

16/12/2017 - Coopercitrus foi um dos destaques no Prêmio VisãoAgro Brasil 2017

16/12/2017 - Tracbel realiza formatura do ?Projeto Profissionalizar?

16/12/2017 - Rápidas da Política

Capa
Ofertas Sesé
Classificados
Lena Santin
Bebedouro Clube
 
 

© Copyright - Jornal Impacto/ 2017, Todos os direitos reservados - by + ideias Comunicação
Total de visitas do dia: 254
Total: 1.389.593