Tempo
Rápidas da Política
06/01/2018

ARRECADAÇÃO MUNICIPAL FRUSTANTE EM 2017: A peça orçamentária  tinha receitas previstas de R$ 223 milhões e a arrecadação ficou em R$ 197,8 milhões (88% do total).  Foram exatos R$ 25.214.485 (vinte e cinco milhões, duzentos e catorze mil, quatrocentos e oitenta e cinco reais) a menos. Margem de erro no planejamento acima de 10% é complicado!

 

RESTOS A PAGAR CONTINUAM VIAJANDO DE UM ANO PARA O OUTRO!  Segundo o portal da transparência da Prefeitura Municipal de Bebedouro o ano de 2017 fechou com R$ 32,3 milhões de Restos a Pagar. Quem critica não ama Bebedouro? Ou quem ama, não cuida?

 

SALDO POSITIVO PARA A CÂMARA MUNICIPAL EM 2017: Ao zerar suas contas em Dezembro/2017 a câmara municipal retornou aos cofres da prefeitura R$ 960 mil; Além do cheque de R$ 800 mil, foram mais dois, um de R$ 43 mil e outro de R$ 17 mil. Se computarmos a receita constitucional a que a câmara tem direito e não usa, a economia chegou a R$ 2,5 milhões! O prefeito não tem nada a reclamar da Casa de Leis, só agradecer!

 

MUDANÇAS NO PRIMEIRO ESCALÃO DA PREFEITURA? São fortes os boatos de reestruturação e uma entrevista do prefeito á uma emissora de rádio local jogou mais lenha na fogueira. Mudanças são necessárias, mas quase sempre esbarram no perfil do prefeito e nas composições políticas. A chamada "fadiga do material" é visível e o desgaste do segundo mandato também. Com a palavra e a caneta o prefeito Galvão!

 

VERBA DE R$ 200 MIL PARA A PRAÇA CHICO MENDES NO JARDIM TALARICO: Agora vai, diz Paulo Bola-vereador do PMDB. A verba foi conseguida pelo deputado estadual Léo Oliveira a pedido do Bola e a praça Chico Mendes será, em realidade construída. Uma novela que parecia sem fim, agora vai ter capítulo final. Bola branca para o PMDB local.

 

EM NOME DA TRANSPARÊNCIA:  A prefeitura precisa divulgar o que foi arrecadado com o REFIS/ 2017. O assunto está sendo debatido sem dados, e as opiniões variam entre o fracasso e o sucesso com muita rapidez. Se a fórmula não deu certo, é preciso achar outro caminho. A única certeza é que a dívida dos cidadãos com a prefeitura é muito alta e quase sem solução! Judicializar toda a dívida?

 

FIQUEM ATENTOS EM 2019: Apenas uma família bebedourense pode monopolizar a imprensa falada e escrita da cidade. Um grande retrocesso democrático pode vir por aí!

 

 
Mais Notícias
 
20/01/2018 - Defesa Civil informa causas do aumento de chuvas

20/01/2018 - Programação Cultural tem início dia 26 de janeiro

20/01/2018 - Reforma da Previdência e idade aumentam em 50% pedidos de aposentadoria no Serviço Público Federal

20/01/2018 - Rápidas da Política

20/01/2018 - Fiocruz recebe investimento de R$ 12 mi para unidade de pesquisa em Ribeirão

20/01/2018 - O que os donos do poder não querem que você saiba

20/01/2018 - Hospital de Câncer e DMS realizam capacitação para profissionais da Saúde

20/01/2018 - Município se prepara para 3º Mutirão de Combate ao Aedes Aegypti

20/01/2018 - Estimativa da Confederação Nacional dos Municípios para Bebedouro é arrecadar R$ 2,6 milhões anuais a mais em 2018

20/01/2018 - OMS considera todo o Estado de São Paulo área de risco de Febre Amarela

Capa
Ofertas Sesé
Classificados
Lena Santin
Bebedouro Clube
Nando Domingues

© Copyright - Jornal Impacto/ 2018, Todos os direitos reservados - by + ideias Comunicação
Total de visitas do dia: 219
Total: 1.402.770