Tempo
Rápidas da Política
05/10/2019

DUAS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS PARA SEREM ESQUECIDAS: Dia 30 de Setembro foram realizadas na Câmara Municipal as Audiências Públicas da Saúde e da Gestão Fiscal do Município. Por deferentes motivos deveriam ser esquecidas e servir de base para mudanças substanciais nas próximas. As contas da prefeitura estão se deteriorando quadrimestre a quadrimestre e os representantes do prefeito já chegam nervosos nas audiências e qualquer questionamento dos vereadores descamba para agressões pessoais. Todos devem entender que uma audiência é uma autópsia e o mais importante são as ações futuras para corrigir os déficits. O debate é técnico e quem não tem preparo não deveria nem participar da audiência.

 

ESQUECERAM DE MIM 1: Na Audiência Pública de Gestão Fiscal, o competente Edson Gazzotti, especialista em contabilidade pública, apresentou os resultados e a evolução das contas. O que todos notaram é que Gazzotti ficou sozinho na apresentação, mesmo tendo pelo menos cinco diretores na platéia. Debandada geral? Medo de mostrar que não há ações do Governo Galvão para reverter os péssimos números? Gazzotti, sabiamente transferia as perguntas de teor mais político para os diretores, e as respostas são as mesmas do passado. A gestão fiscal de Bebedouro está em coma, mas todos os homens do prefeito fingem que não é com eles!

 

ESQUECERAM DE MIM 2: Todos sabem que a UPA é administrada por uma Organização Social de Catanduva, o que não sabemos é porque não são apresentados números separados pela Diretora da Saúde na audiência pública. Bebedouro gasta mais de R$ 15 milhões por ano com a OS e precisa saber se vale quanto pesa ou se pesa quanto vale! Vereadores estão solicitando relatórios e notas fiscais de todas as atividades e gastos.

 

O PREFEITO GALVÃO PRECISA EXPLICAR A FOLHA DE PAGAMENTO: A folha de pagamento da prefeitura estourou o limite representando 52,24% das receitas correntes líquidas, isso fere a Lei de Responsabilidade Fiscal e veta contratação ou aumento de qualquer funcionário. Dados do 2º quadrimestre de 2018 apontam uma folha de R$ 118,1 milhões representando 50,02% das receitas, enquanto o 2º quadrimestre de 2019 aponta uma folha de R$ 126,4 milhões representando 52,24% das receitas. È uma diferença de R$ 8,3 milhões! Como o aumento de 3.75% dado aos servidores somou cerca de R$ 4 milhões, resta perguntar: onde estão os outros R$ 4 milhões de aumento da folha? Máquina inchada e folha generosa para os comissionados? Com a palavra o Prefeito Galvão!

 

SEGUNDO A PREFEITURA A DÍVIDA CAIU SÓ QUE OS NÚMEROS MOSTRAM OUTRA COISA! Os Precatórios são R$ 52,2 milhões, os Restos a Pagar são 50,3 milhões e a dívida do SASEMB (sem juros e multas) chegou a R$ 57,5 milhões. A prefeitura continua gastando mais do que arrecada. Melhoramos em que?

 

A FALTA DE GESTÃO MUNICIPAL É CLARA! Não há projetos, não há objetivos, não há metas e não há dados comparativos. A evolução dos números da gestão fiscal mostra o caos financeiro que a administração Galvão nos meteu. Os dados estão á disposição de todos os leitores para que tirem suas próprias conclusões. Já passou da hora de montarmos um Observatório de Gestão Fiscal em Bebedouro, para acompanhar a marcha da insensatez.

 

AS DUAS PERGUNTAS MAIS IMPORTANTES PARA OS RUMOS DA POLÍTICA EM BEBEDOURO: Como o cidadão-contribuinte-eleitor avalia a administração Galvão? e, o cidadão-contribuinte-eleitor quer manter o grupo de Galvão no poder? Pesquisas vão avaliar isso!

 

 
Mais Notícias
 
19/10/2019 - Tota relata calvário vivido pelos pacientes do Hospital Municipal e lamenta situação de negligência

19/10/2019 - Secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi receberá o Título de Cidadão Bebedourense

19/10/2019 - Na tribuna livre Diretora da EMEB Stélio Machado Loureiro fala de conquista inédita para Bebedouro

19/10/2019 - Câmara Municipal realiza homenagem ao Dia dos Professores

19/10/2019 - CEREST e Ministério da Saúde realizam campanha Eletricidade Mata

19/10/2019 - Defesa Civil de Bebedouro participou do Dia D da Semana Nacional de Redução de Desastres

19/10/2019 - Mulher vai à Polícia Civil para se incriminar em suposto caso de duplo homicídio dos próprios filhos e acaba presa por tráfico de drogas

19/10/2019 - Municípios recebem R$ 312 milhões no segundo repasse de ICMS do mês

19/10/2019 - eSocial: saiba o que muda com a Carteira de Trabalho Digital

19/10/2019 - Rápidas da Política

Capa
Ofertas Sesé
Classificados
Lena Santin
Bebedouro Clube
Nando Domingues

© Copyright - Jornal Impacto/ 2019, Todos os direitos reservados - by + ideias Comunicação
Total de visitas do dia: 218
Total: 1.660.327